TOQUE DE AMIGA DELBONI E VOCÊ NA LUTA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

Conheça melhor o câncer de mama e veja quais exames não podem faltar para o diagnóstico precoce.

DASA-2858A-IMAGEM-BLOG-SERGIOFRANCO-V02 (1)

O câncer de mama é o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres em todo o mundo. Apenas 10% dos casos são hereditários, o que significa que 90% das mulheres desenvolvem o câncer por outros motivos – como colesterol alto, obesidade, reposição hormonal e não amamentar após a gestação.

Apesar de ainda ser difícil rastrear as causas exatas do câncer de mama ele tem até 95% de cura quando é diagnosticado logo no início. Descobrir o câncer na fase inicial pode, inclusive, evitar procedimentos agressivos como a quimioterapia. A melhor solução é se cuidar bem e fazer exames periódicos para diminuir os riscos.

Veja quais são os principais exames para diagnosticar o câncer de mama:

Mamografia

Eficaz para detectar nódulos imperceptíveis pelo toque, a mamografia é indicada para mulheres a partir dos 40 anos, uma vez por ano. Mulheres com histórico de câncer na família devem começar a fazer os exames dez anos antes da idade que a parente tinha ao detectar o tumor.

Ressonância magnética e ultrassonografia

Podem detectar alguns detalhes da mama com maior precisão do que a mamografia. A ressonância é um método com alta sensibilidade para identificar lesões. Já a ultrassonografia pode ser usada para guiar a agulha durante as biópsias e para rastrear alterações em locais da mama mais difíceis de serem visualizados em outros exames.

Exame genético

É indicado apenas para os pacientes que preencham critérios clínicos de câncer hereditário. Os testes analisam o DNA de células do sangue e podem detectar alterações que comprovem o alto risco de desenvolver câncer de mama.

Lembre-se: sempre consulte seu médico. Ele ou ela é a melhor pessoa para indicar quais exames você deve fazer, de acordo com o seu perfil.

O combate ao câncer de mama não acaba depois do diagnóstico. Se alimentar bem, fazer exercícios, evitar bebidas alcoólicas e fumo e ficar de olho no seu peso ideal são cuidados simples, porém muito valiosos na luta diária contra o câncer. Junte-se ao Delboni nessa causa!

A Receita da Felicidade

É verdade que o bom humor influencia na sua saúde? Entenda e veja algumas dicas para animar a rotina.

SF_blog_bom-humor

Dizem que para ser feliz, basta encarar a vida com mais otimismo. Mas será que é tão simples?

Alguns estudos recentes revelam que, além do comportamento, a química cerebral também tem um papel importante para alcançar o bom humor. O corpo tem hora certa para cada sensação: frio, calor, fome e sono, assim como o bom humor e o mau humor. Quem comanda todas essas sensações são as estruturas cerebrais no sistema límbico, responsável pelas emoções dentro do córtex.

O mau humor nada mais é do que o desequilíbrio dessas funções cerebrais. Por isso, que tal cuidar mais do corpo e da mente para manter a alegria em alta? Preparamos 8 dicas para melhorar seu humor no dia a dia:

Manter o pique na terceira idade

Descubra o segredo para uma vida longa e com disposição de sobra.

Delboni_blog_terceira idade

Não é novidade que muitas pessoas desejam passar dos 60 anos com dinamismo e lucidez. A eterna juventude é tema de muitas histórias na mitologia, literatura, música e nos filmes. Podemos até dizer que a busca pela longevidade é o que move os avanços na medicina todos os dias. E, junto a mudanças nos hábitos das pessoas, esses avanços estão surtindo efeito. A expectativa de vida das pessoas aumenta a cada ano, no mundo inteiro. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2000, os brasileiros com mais de 80 anos eram 1,8 milhões. Estima-se que esse número deve subir para 14 milhões em 2050. Hoje, é possível driblar as principais doenças do envelhecimento e ter mais energia para fazer suas atividades. O segredo para chegar à melhor idade com disposição pode ser mais simples do que você imagina: basta se alimentar bem, fazer exercícios, evitar fumar e consumir bebidas alcoólicas, além de visitar o médico pelo menos uma vez ao ano. Investir num hobby, começar um blog, se matricular em um novo curso ou aprender um novo idioma também é essencial para manter a mente ativa.

 

Comer bem é viver bem

Com a idade, tanto o organismo dos homens quanto das mulheres produz menos hormônios. Isso compromete o metabolismo, gera aumento de peso e perda de massa muscular. Por conta disso, dietas restritivas não são recomendadas. O ideal é comer bem, em pequenas porções, várias vezes ao dia. Anote aí: os principais aliados do cardápio são aveia, chia e linhaça, peixes, azeite, vegetais e folhas verde-escuras, frutas vermelhas e oleaginosas (nozes).

 

Sempre em movimento

Quando envelhecemos, o corpo perde funções básicas como mobilidade, equilíbrio, força e agilidade. Fazer uma atividade física regular é ideal para amenizar essas perdas e garantir mais autonomia. As melhores atividades são as que mesclam exercícios aeróbicos (natação, corrida, caminhada, dança – que melhoram o condicionamento físico) com anaeróbicos (musculação e ginástica localizada – que diminuem a perda muscular).

 

Em dia com a saúde: Club 60+

Evite uma doença crônica na terceira idade com atividades que melhoram sua vida. Visite o médico pelo menos uma vez por ano, lembre-se de fazer seus exames preventivos e manter a carteira de vacinação em dia. Foi pensando em quem busca mais longevidade e qualidade de vida que o Delboni criou o Club 60+: benefícios dentro e fora dos laboratórios, como atendimento exclusivo e até descontos com parceiros. O serviço é exclusivo para os pacientes acima de 60 anos, um público ativo e ainda mais exigente, que já viveu muitas experiências e merecem toda a atenção. Entre as novidades, atendimento personalizado e desjejum diferenciado, além de benefícios e vantagens dentro e fora das unidades.

 

O Club 60+ já está disponível nas unidades Itaim e Mooca. Saiba mais sobre o serviço aqui:

http://www.delboniauriemo.com.br/club-60- mais/

 

Leia a matéria completa sobre a nova terceira idade na Revista Delboni (página 21):

https://pt.calameo.com/read/001663441f88b9b2d0c58