Azeite extravirgem perde benefícios quando aquecido

Excelente para a saúde, mas é melhor não colocá-lo no fogo

delboni-azeite-corte

O azeite extravirgem ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e previne doenças cardiovasculares, além de ser uma boa fonte de vitamina E. Fica bem na salada, na pizza e pode dar mais sabor para quase todos os prato. No entanto, sempre houve uma história de que fazia mal aquecer o azeite. Isto é verdade?

É um fato, mas nem tanto. Explicando: o azeite que é aquecido na panela não faz mal para a saúde, mas também deixa de fazer bem. De acordo com a Universidade de Porto, em Portugal, “práticas comuns na culinária, como fritar, ferver e cozinhar no microondas podem modificar o perfil do azeite”.

Quando atinge mais de 70°C, o azeite perde a qualidade e tem seus compostos benéficos reduzidos – a quantidade de antioxidantes e de componentes bioativos diminui muito. A dica dos pesquisadores é não aquecer muito o azeite (tanto em temperatura quanto tempo) ou adicionar apenas um fio do ingrediente enquanto cozinha o prato.

Tags:, , , , ,