Bebês aprendem cantigas de ninar ainda no útero

Segundo estudo, tocar músicas durante a gravidez ajuda o feto a desenvolver a audição

BlogDB01 (6)

A ciência já havia sugerido que conversar com o bebê que ainda está na barriga da mãe e colocar músicas calmas no ambiente ajudam o feto a se desenvolver melhor, mas recentemente outra descoberta reforçou os benefícios do som para a criança – ela ajuda a desenvolver a sua audição e seu aprendizado.

Cientistas da Universidade de Helsinki recrutaram 24 voluntárias que estavam no último trimestre da gravidez e pediram para que metade colocasse a música Brilha Brilha Estrelinha para tocar 5 vezes por semana até o filho nascer.

Assim que os bebês nasceram, os pesquisadores colocaram a mesma música para tocar e fizeram um escaneamento não-invasivo para verificar a atividade cerebral. Fizeram o mesmo 4 meses depois. Nas duas vezes o resultado mostrou que os cérebros dos bebês que ouviram a música no útero reagiram de maneira mais forte à melodia, em comparação aos bebês que não ouviram.

Esse estudo foi o primeiro a descobrir que a memória a longo prazo formada na época fetal ainda permanece meses após o parto. “Este resultado mostra que os bebês têm a capacidade de aprendizado desde muito cedo e que os efeitos deste aprendizado permanecem no cérebro por um bom tempo”, explicou Eino Partanen, um dos líderes da pesquisa.

“O resultado é significativo, já que estudar as respostas do cérebro nos permite focar sobre os fundamentos da memória fetal”, completou a Dra. Minna Huotilainen. “Até o momento, os primeiros mecanismos da memória eram desconhecidos”.

Tags:, ,