Arquivo para categoria: Equilíbrio

Alergia e Intolerância: parecidas, mas nem tanto

Mestre e Doutor pela Escola Paulista de Medicina (Unifesp), Dr. Flavio Sano explica a diferença.

delboni_blog

Há uma confusão comum entre alergia a alimentos e intolerância alimentar, explicada pela manifestação das duas condições, que se apresentam por meio de sintomas respiratórios, cutâneos ou digestivos. O mecanismo dos dois problemas, porém, é muito diferente.

A alergia é uma resposta exacerbada do sistema imune, de fundo genético, em reação ao contato com certas proteínas. Isso faz o corpo produzir como resposta quantidades muito grandes de IgE (imunoglobulina E). Já a intolerância é uma reação química local a certas substâncias, que pode ser desenvolvida ao longo da vida pela perda parcial de enzimas que se relacionam a digestão dessas substâncias.

alergia

O leite é um bom exemplo. É corriqueiro ouvirmos as pessoas dizerem que são alérgicas à lactose, mas isso é impossível. A lactose é um açúcar do leite. Portanto, não pode causar alergia – diferentemente de outras substâncias também encontradas no leite. O que ocorre em relação à lactose é a intolerância. O paciente não tem a quantidade suficiente de uma enzima digestiva específica no organismo. Consequentemente, não consegue digerir a substância, o que provoca, nesse caso, problemas gastrointestinais.

No passado, só era possível identificar se o paciente era alérgico a uma substância, como, por exemplo, o camarão ou pelos de animais, mas, hoje, com a evolução dos métodos e das tecnologias, somos capazes de descobrir a molécula exata com a qual o corpo do paciente não se relaciona bem. Atualmente, não dizemos mais que o paciente é alérgico ao ovo, por exemplo. Temos condições de apontar se o problema é a clara ou a gema e qual o componente exato delas. Com isso, geramos um tratamento e uma prevenção mais eficientes.

Identificar a parte específica de um alérgeno se tornou possível com o diagnóstico molecular, que é um exame de sangue que destrincha a sua reação com inúmeras proteínas e aponta aquelas que potencialmente gerariam um quadro alérgico. Esse simples teste de sangue, a dosagem de IgE específica, pode ser realizado até mesmo em bebês.

Um diagnóstico tão específico é bastante útil ao paciente. Uma mesma proteína pode estar presente em mais de uma substância e, ao descobrir o reagente exato que causa alergia, é possível evitá-lo em todas as suas apresentações.

 

Não basta ser magro. É preciso ser saudável

O preparador físico Marcio Atalla fala sobre alimentação, mudança de estilo de vida e a importância da movimentação.

delboni_blog

Na era da informação não há desculpa para dizer que não se sabe da importância do movimento para a melhora da qualidade de vida. “Se eu tenho tanta informação – e hoje em dia o que mais se tem é informação –, por que não cuido da saúde?” Foi essa a pergunta que impulsionou a produção do documentário Naquela Época e Hoje, idealizado pelo preparador físico Marcio Atalla.

Com a ajuda de especialistas, Marcio visa incentivar a mudança na vida de cada espectador. A ideia é que as pessoas percebam que nosso corpo só vai funcionar bem com movimento, que o ambiente em que se vive determina o estilo de vida, e incentivá-las a fugir das dietas milagrosas e alimentos mágicos. Para isso, Marcio buscou comprovação científica e ouviu a opinião dos maiores nomes da medicina.

“Uma pessoa que nasceu na década de 1950 tinha outro estilo de vida, com muito movimento. Essa pessoa não precisava ir para uma academia. Esse movimento já era do dia a dia. O que eu quis mostrar é que ao mudar o meio ambiente você muda também o estilo de vida. E ele é responsável pela saúde”, diz.

atalla_infog

 

O PESO DA ALIMENTAÇÃO

A alimentação representa apenas 30% na mudança de hábitos, mas inverter a equação parece simples: é mais fácil deixar de comer certos alimentos do que incluir o movimento na rotina.

“É um engano. Dietas radicais e por tempo limitado são as responsáveis pelo efeito sanfona, que faz você engordar e emagrecer, engordar e emagrecer. E isso é tão prejudicial para o corpo quanto a própria obesidade”, afirma Marcio.

Se a alimentação tem um papel tão importante hoje, é porque as pessoas não se movimentam o suficiente e não buscam entender o funcionamento do corpo. “Não dá para pensar ‘eu vou me alimentar bem menos porque eu não vou me movimentar’. O ‘não se movimentar’ leva às doenças crônicas.” Não basta estar magro, é preciso estar saudável.

—-

Essa matéria foi originalmente publicada na nossa Revista Delboni Auriemo, no.5.

Delboni disponibiliza ferramenta de login social para acesso de resultados pela Internet

A ferramenta permite que o usuário associe redes sociais como o Facebook, Google +, Linkedin ou seu e-mail ao efetuar seu cadastro.

delboni_blog

ESQUECI MINHA SENHA OU NOME DE USUÁRIO, E AGORA?

Todo mundo já deve ter passado por uma situação, no mínimo parecida: entrar em um site que você já possui cadastro, mas não se lembra do usuário ou da senha que cadastrou. A explicação para esta situação é bem simples, para não dizer óbvia: 87% dos usuários afirmam que confiam na memória para guardar dados pessoais, e apenas 13% dizem utilizar o computador, celular ou até mesmo um pedaço de papel para registrar esse tipo de informação.

Os problemas de confiar na memória para se lembrar de senhas e nomes de usuário fica ainda mais agravante quando consideramos que muitos sites, por questões de segurança, costumam exigir senhas com número mínimo de caracteres, uso de números, letras, maiúsculas e minúsculas. E mais: 85% dos entrevistados relatam cadastrar senhas diferentes para navegar na Internet.

SOLUÇÃO: LOGIN SOCIAL

Pensando sempre em proporcionar mais conveniência para o cliente, o Delboni Auriemo implementou recentemente em seu site o login social! A ferramenta permite que o usuário associe redes sociais como o Facebook, Google +, Linkedin ou seu e-mail ao efetuar seu cadastro. Dessa forma, ele poderá associar todos os seus protocolos em uma única conta e acessá-los sempre que precisar.

“A solução foi uma iniciativa do laboratório ao constatarmos que inúmeras ligações em nossa central de atendimento, são de clientes relatando terem se esquecido do número de seu protocolo e senha”, comenta nossa gerente de marcas, Flavia Pascoal. Com o login social, o cliente tem a opção de se cadastrar em poucos cliques e associar seus protocolos à sua conta social. Assim, sempre que ele precisar acessar algum exame já realizado, ele terá fácil acesso.

Acesse www.delboniauriemo.com.br e faça seu cadastro com login social.

Tomar chá regularmente pode reduzir em 70% os riscos de derrame

Conheça todos os benefícios dessa bebida milenar

recorte03

Está gripado? Toma um chá de limão. Bateu aquela dor de estômago? Chá de boldo é tiro e queda. Ficou nervoso? Um chazinho de camomila vai te acalmar.

Todo mundo já ouviupelo menosuma dessas frases em algum momento da vida. Mas mais do que apoio na sabedoria popular e respaldo da experiência de vida de todas as avós do planeta, os benefícios de um bom chá já foram cientificamente comprovados.

Um estudo do Instituto de Saúde Pública e Proteção Ambiental de Bilthoven, na Holanda, concluiu que homens que bebiam chá preto diariamente tinham até 70% menos chances de sofrer um derrame do que os que não ingeriam a bebida.

Outra pesquisa, desenvolvida e publicada pela Escola Superior de Agricultura da Universidade de São Paulo, constatou que o consumo regular de chá verde pode ser um grande aliado para a perda de peso, diminuição da gordura corporal e redução dos níveis de triglicérides.

Os benefícios do chá são tão evidentes que, apesar da bebida se enquadrar na categoria de gêneros alimentícios, seu potencial famacoterapêutico já foi reconhecido até pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Vale a pena experimentar!

 

Modo de preparo e receitas

Os chás são normalmente preparados por infusão. Esquente bem a água e, um pouco antes dela ferver, acrescente as ervas e deixe o recipiente abafado por 3 minutos. O ideal é usar uma colher de sopa de erva para cada 350mL de água. Caso a receita envolva cascas ou caules, ferva a água com essas partes dentro por alguns minutos.

Confira abaixo algumas combinações e seus benefícios para a saúde.

Chá Digestivo – Boldo, Carqueja e Camomila

Chá Termogênico – Cravo, Canela, Gengibre e Chá Verde

Chá Antiviral – Limão, Gengibre e Alho

Chá Calmante – Capim-cidreira, Maracujá e Folha de Laranja

Não deixe o Carnaval acabar com você

Beber água, consumir frutas e maneirar no consumo de álcool são dicas importantes para não deixar a resistência cair no meio da folia

Quando chegamos na metade de um feriado longo como o Carnaval, é muito comum que, por conta de alguns descuidos e abusos, nossa resistência física caia e abra caminho para uma série de doenças oportunistas que podem acabar com a nossa festa.

Para evitar que isso aconteça, o Dr. Rafael Munerato, diretor médico do Delboni deu algumas dicas simples e que podem fazer toda a diferença!

 

Beba Água

A dica mais importante é reforçar a hidratação. “Estar bem hidratado melhora a sensação de bem estar em uma série de situações, principalmente neste período em que as pessoas tendem a se movimentar muito e a se privar do sono”, afirmou o médico.

Abuse das Frutas

A segunda dica é abusar das frutas que, além de serem uma segunda fonte de água, ajudam a dar energia sem pesar no estômago, o que é perfeito para essa época do ano em que as pessoas precisam se alimentar bem, mas não querem aquela moleza que costuma bater depois de uma refeição pesada.

Cuidado com o Álcool

O médico ainda ressalta a importância de se tomar cuidado com a ingestão do álcool, principalmente se o folião tem algum problema cardíaco diagnosticado. Abusos desse tipo no feriado aumentam muito a ocorrência de crises cardíacas, em especial, arritmias, portanto, beba com moderação.

Agora é só seguir as dicas e aproveitar muito o resto do Carnaval!

 

Centro emocional

O estômago é visto, há tempos, como o receptor das emoções e do estresse. A boa notícia é que alimentação e exercícios combatem esses problemas

O estresse não é algo ruim. Trata-se de um mecanismo natural de defesa, que auxiliou a sobrevivência do ser humano. Quando somos expostos a situações de risco, nosso organismo libera adrenalina para termos força e resistência à dor. Isso torna o raciocínio mais rápido e, por consequência, nos ajuda a encontrar alternativas para escapar do perigo.
Leia Mais

Colecionador de prazeres

O músico Ed Motta resume a sua obsessão por perfeição em três raridades

delboni-combinacao-corte

Quando se interessa por algo, Ed Motta pesquisa a fundo o tema e consome o melhor que houver na área. É assim com a sua coleção de LPs, que tem mais de 30 mil unidades, com os livros raros que lê e também com os vinhos da sua adega – seus preferidos são os Borgonha, mas os Bordeaux ocupam um segundo lugar de destaque.
Leia Mais

Consciência ativa

Pessoas que ficam muito tempo sem comer podem desmaiar? Por quê?

delboni-mitos-corte

Pessoas que ficam muito tempo sem comer podem desmaiar? Por quê? Muita gente pensa que é por conta do baixo nível de açúcar no sangue, mas isso não é verdade! Já ouviu falar do reflexo vasovagal?

Para responder a essa e outras dúvidas, conversamos com nosso Diretor Médico e cardiologista, Dr. Rafael Munerato:

Quanto tempo de jejum é necessário para uma pessoa desmaiar?

A maior parte das pessoas acredita que o desmaio acontece devido à diminuição dos níveis de glicose no sangue, mas na maioria das vezes isso não é verdade. Em pessoas saudáveis e que não usam medicações hipoglicemiantes é necessário muito tempo de jejum (em geral alguns dias) para os níveis de glicose baixarem ao ponto de causar o desmaio. Isso porque o nosso organismo possui inúmeros mecanismos para manter os níveis de glicose basal mesmo em jejum prolongado.
Em resumo, a maioria das pessoas que desmaiam depois de algumas horas em jejum é devido ao chamado reflexo vasovagal.

O que é o reflexo vasovagal?
O reflexo vasovagal é o nome dado a um efeito reflexo que ocorre pelo estímulo em alguns órgãos que ativam o nervo vago – um nervo periférico que faz parte do sistema nervoso autônomo parassimpático. A estimulação desse nervo provoca no sistema cardiovascular a diminuição da frequência cardíaca e da pressão arterial. Se esses efeitos forem acentuados a pessoa desmaia pela bradicardia (diminuição da frequência cardíaca) e/ou hipotensão (pressão arterial baixa).

Por que isso ocorre?
O que ocorre, na verdade, é que o estômago vazio começa a ter peristaltismo (movimentos involuntários), e a contração do estômago vazio leva ao estímulo do nervo vago e desencadeia o reflexo.

A desidratação ajuda 
a provocar desmaios?

O grau de hidratação influencia muito esse processo. Se a pessoa estiver desidratada, a queda da pressão arterial será mais acentuada, e o desmaio mais provável.

(Texto publicado originalmente na Revista Delboni Auriemo. Você pode fazer o download para iPad neste link (http://bit.ly/XIXQER) ou retirar sua versão impressa em qualquer Unidade de Atendimento do Delboni (http://bit.ly/XIXNc2).)

Maior e melhor

A mania de grandeza de Atlanta é uma das características que encantam quem visita a cidade. Fontes, museus, história e tradições são convidativos e fazem o turista sentir-se parte de tudo aquilo. Um brinde à grandiosidade!

delboni-atlanta-corte

Ela já foi totalmente destruída durante a Guerra Civil americana, renasceu das cinzas, se desenvolveu e virou uma bonita, agradável e interessante metrópole. Para fugir um pouco dos destinos convencionais, vale a pena colocar a capital do estado da Geórgia – e, para muitos, a capital da região sul inteira – no itinerário. Afinal, Nova York, Miami e Orlando, destinos bastante visitados por brasileiros, estarão sempre iguais; Atlanta, por outro lado, está em constante (e encantadora) mutação.

Durante o dia
Quem curte esporte não pode perder o Parque Olímpico, palco dos Jogos de 96. Além da memória dos jogos, o local oferece, de acordo com uma agenda bastante cheia, shows e festivais, além de playground e da Fountain of Rings, uma enorme fonte com show aquático, que rende belas fotos.

O parque é rodeado por três das principais atrações de Atlanta: o Aquário de Georgia, o maior do continente com mais de cem mil animais; a sede dos estúdios da CNN, em que você pode acompanhar os bastidores do jornal; e o Museu da Coca-Cola, que conta tudo sobre a bebida mais famosa do planeta (menos sua fórmula secreta, claro) de modo interativo e com muita degustação. Já deu para notar que Atlanta tem uma certa mania de grandeza, certo?

O Piedmont Park, quase um Central Park local, também merece destaque por ser uma área calma no meio da metrópole, assim como o Jardim Botânico.

Após conhecer esses lugares, uma boa dica é visitar o Underground Atlanta. Lá você pode começar, com calma, a maratona de comprar entre lojinhas, restaurantes e obras de arte. Quando você estiver preparado para passar para o momento das compras – hábito que deixou o brasileiro conhecido mundialmente – siga para o Lennox Square Mall, o Phipps Plaza e o North Georgia Premium Outlets.

Já os fascinados por História vão se arrepender se deixarem de passar pelo Atlanta History Center, o Martin Luther King Jr. National Historic Site e o Museu da Guerra Civil. Os motivos são autoexplicativos.

Vida noturna
Ao chegar ao hotel depois de um dia todo andando por aí, nem pense em ir direto para a cama. Tome um banho e explore a cena noturna. Para jantar, escolha o Shout, que combina diferentes culinárias, na animada Midtown.

Depois de comer, opções de bar e balada não faltam. Na dúvida, vá para o Blind Willie’s, um dos melhores bares de blues – uma tradição da região –, ou para o Ormsby’s, com extensa seleção de cervejas artesanais – outro ponto forte de Atlanta.

Para fugir do comum
Quem adora uma boa cerveja artesanal vai ficar feliz em saber que Atlanta é um prato (ou barril?) cheio para degustar uma cerveja. Além de todos os seus atributos, a cidade é considerada a capital sulista da arte de fazer cerveja – são mais de 20 microcervejarias no território e mais um festival anual que já vai para a quarta edição. Que tal um tour especial?

Quem prefere passeios alternativos também pode passar em Little Five Points, um bairro eclético com lojas vintage, artistas de rua e bons restaurantes. À noite, outra sugestão de jantar é o Agatha’s, perfeito para os amantes de romances policiais – enquanto os pratos são servidos, atores investigam um assassinato entre as mesas. Se você preferir outras emoções, parta para o Game-X, que traz o melhor dos jogos eletrônicos – dos clássicos retrôs aos de última geração.

Em tempo: a série de zumbi mais famosa de todos os tempos, The Walking Dead, é gravada em Atlanta, ou seja: existem vários Zombie Tours disponíveis para os fãs.

Saúde que cruza oceanos
Atlanta foi sede de um dos congressos
médicos mais importantes do mundo, da American Association for Clinical Chemistry, uma entidade internacional compromissada com os profissionais de saúde que possuem interesse em laboratórios de análises clínicas.

Conhecido como AACC, o encontro anual traz palestrantes especialistas em todas as áreas
da patologia clínica, com o objetivo de agregar informação e conhecimento por meio de workshops, que apontam tendências e novos desdobramentos da medicina diagnóstica.

Na edição de 2013, que teve sede no Texas, nossos médicos apresentaram 53 trabalhos científicos (61% da presença nacional)e trouxeram a única premiação brasileira para casa.

(Texto publicado originalmente na Revista Delboni Auriemo. Você pode fazer o download para iPad neste link (http://bit.ly/XIXQER) ou retirar sua versão impressa em qualquer Unidade de Atendimento do Delboni (http://bit.ly/XIXNc2).)

Harmonize-se

Se antes a imagem de uma pessoa conectada 24 horas era relacionada apenas a algumas profissões − como um operador da bolsa ou um médico −, no século 21 não importa a carreira: você provavelmente é alcançado a qualquer hora do dia (e da noite) por questões profissionais, ou não, e precisa aprender a lidar com isso de forma positiva

delboni-harmonia-corte

Smartphones, tablets, notebooks e outros gadgets comuns entre os profissionais da Geração Y são úteis para resolver situações fora do escritório, mas podem transformar as pessoas em escravas permanentes do trabalho. Nesse cenário, em que a tecnologia tornou tênue a barreira entre vida pessoal e profissional, como encontrar o equilíbrio?
Leia Mais