Cores no prato: alimentos vermelhos

Entenda por que é importante ter um prato colorido e conheça o papel dos alimentos vermelhos

Blog_MaisCor

 

Um prato com várias cores traz vários benefícios ao organismo, mas você sabe quais são os benefícios de cada cor? Vamos descobrir o que a cor vermelha representa na sua dieta.

O responsável pelo tom é o licopeno, substância que tem ação semelhante ao betacaroteno e também é precursor da vitamina A. Ele reduz o colesterol ruim e tem importante papel na prevenção de câncer, especialmente o de próstata. Além do licopeno, também encontramos a antocianina e o ácido elágico.

A primeira é aliada do coração – trata-se de um flavonoide com ação imunoestimulante, excelente para o sistema circulatório, já que evita problemas cardíacos e inibe a formação de coágulos sanguíneos. O ácido elágico, por sua vez, inibe duas proteínas fundamentais para a formação da rede sanguínea dos tumores, então também ajuda a prevenir câncer.

Juntas, essas três substâncias ajudam a impedir e reparar os danos às células causados pelos radicais livres, ou seja: são poderosos antioxidantes. Além disto, é importante lembrar que quanto maior a variedade de alimentos vermelhos, melhor – cada um deles possui um benefício extra.

O morango, por exemplo, é uma das frutas que mais favorecem o rejuvenescimento da pele, reduz o colesterol e também contém catequina, que auxilia no fortalecimento das defesas do organismo. A cereja, por sua vez, traz consigo muitos ácidos naturais, como o salicílico, o succínico e o málico – somados, deixam a fruta com um potente efeito anti-inflamatório, além de eliminar toxinas do sangue. Assim como as outras frutas vermelhas, a cereja contém boas quantidades de vitamina C, que, junto com o ferro presente é uma grande aliada no combate à anemia.

A framboesa, por sua vez, possui manganês, mineral necessário para o crescimento e desenvolvimento dos ossos e que atua na saúde dos nervos e na normalização do nível de açúcar no sangue. Enquanto isto, a pimenta vermelha acelera o metabolismo e auxilia a circulação sanguínea e o caqui é fonte de fósforo, cálcio e sódio. Não faltam opções!

*Leia também: Cores no prato: alimentos verdes

Tags:, , , , ,