Dia 25 de novembro: Dia Nacional do Doador de Sangue

Salve vidas. Doe Sangue

blog

Dia 25 de Novembro é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue. Segundo dados do Ministério da Saúde, apenas 1,9% dos brasileiros doam sangue regularmente. De acordo com Selmo Minucelli, hematologista do Laboratório Delboni, o procedimento é seguro e quem doa uma vez não é obrigado a doar sempre. “Mas é importante que pessoas saudáveis façam este gesto solidário regularmente”, recomenda.

O especialista explica que o material usado na coleta é descartável e não oferece qualquer risco de contaminação. A doação é rápida e a quantidade de sangue coletado é pequena, apenas 450 ml. Qualquer pessoa saudável, que tenha entre 18 e 65 anos de idade e, no mínimo, 50 kg pode doar.

Infelizmente ainda existem alguns mitos levantados por falta de instrução. Este fator tem colaborado para que os hemocentros recebam menos doadores.

Estão entre eles:

Doar sangue não engorda e nem emagrece;

Doar sangue não engrossa e nem afina o sangue;

Doar sangue não vicia;

Doar sangue não altera a pressão arterial;

O organismo repõe o volume de sangue doado nas primeiras 24 horas após a doação;

Quando falamos sobre o uso de medicamento, devemos analisar caso a caso. Portanto, antes de doar consulte o Serviço de Hemoterapia;

Pessoas que fazem tratamento homeopático podem sim doar sangue;

Grávidas não podem doar sangue. Mas, se o parto for normal, a mulher pode doar depois de três meses. Em caso de cesariana, após seis meses. E no caso de ainda estar amamentando, aguardar 12 meses após o parto.

 

Ninguém está livre de precisar de uma transfusão de sangue. Seja por conta de um acidente, um procedimento médico ou uma cirurgia.  Doar sangue é um ato de amor ao próximo. Dessa forma, é fundamental a conscientização da população brasileira sobre a importância deste ato humanitário.

Muita gente sabe que doar sangue é importante e salva vidas, mas são poucos são os que aderem a esta prática. Abrace esta ideia você também.

Tags:, , ,