Dores musculares pós-academia? O melhor remédio é malhar mais

Estudo dinamarquês afirma que mais exercícios funcionam tão bem quanto uma massagem

delboni_exercício-corte

Quem já saiu da academia morrendo de dores musculares provavelmente não ficaria feliz se alguém dissesse “está com dor? Treine mais um pouco!”. No entanto, foi exatamente este o conselho dado por um estudo do Centro Nacional de Pesquisa para o Ambiente de Trabalho, em Copenhague, Dinamarca.

“Existe uma crença comum de que a massagem é a melhor forma de aliviar essas dores, mas não é. Na pesquisa mostramos que massagem e exercícios tiveram os mesmos benefícios”, disse Lars Andersen, principal autor do estudo.

O teste envolveu 20 voluntárias que trabalharam os músculos dos ombros enquanto estavam conectadas a uma máquina de resistência. Dois dias depois, voltaram com dores e classificaram o incômodo como número 5 em uma escala que ia até 10. Em seguida, elas receberam uma massagem de 10 minutos em um ombro e fizeram exercícios leves de 10 minutos no outro ombro. Algumas mulheres receberam primeiro a massagem, enquanto outras fizeram primeiro o exercício.

O grupo de Andersen constatou que, em comparação com o ombro que não estava recebendo nenhuma atenção, massagem e exercícios ajudaram a diminuir a dor muscular. O curioso foi que as mulheres relataram uma redução da dor de 0,7 pontos após a massagem e 0,8 pontos após o exercício de aquecimento.

O efeito é moderado e o alívio é temporário, mas não deixa de ser uma boa notícia para quem está começando a malhar e não quer conviver com a dor.

Tags:, , , , ,