Estudo afirma que café pode levar ao aumento de peso

Quem abusa do cafezinho pode aumentar o acúmulo de gordura das células

delboni-cafe-corte

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Médica do Oeste da Austrália e da Universidade do Oeste da Austrália, o cafezinho adorado de cada dia pode estar ligado ao aumento de peso. Na verdade, o problema está em uma substância presente na bebida, o ácido clorogênico.

Os cientistas fizeram o estudo tentando analisar como os compostos do café poderiam melhorar a função cardiovascular, mas o resultado foi uma surpresa.

O teste foi feito com camundongos obesos, que tinham sua dieta diária enriquecida com ácido clorogênico em uma quantidade equivalente à encontrada em seis xícaras de café. Eles esperavam que os roedores tivessem menos resistência à insulina e, consequentemente, perdessem peso. Mas não foi assim.

Os animais não só ganharam mais peso ainda como também aumentaram a resistência à insulina e desenvolveram intolerância à glicose. “O ácido clorogênico não teve efeito benéfico sobre seus níveis de açúcar e, além disto, os camundongos que receberam essa substância do café apresentaram uma tendência a acumular gordura em seus fígados”, explicou o bioquímico Kevin Croft.

Por outro lado, Vance Matthews, professor que também participou da pesquisa, acalmou os ânimos. “Aparentemente, os efeitos na saúde dependem da dose”, disse. “O consumo moderado de café, até três ou quatro xícaras por dia, aparentemente diminui a chance de desenvolver males como doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2”.

O próximo passo é conduzir testes em seres humanos para verificar o efeito sobre a saúde vascular e a pressão arterial.

Tags:, , , , ,