Mexa-se!*

Leve os exercícios físicos para o dia a dia, ganhe em bem estar e transforme sua vida

delboni-primeirospassos-corte

As razões podem variar – perder peso, fortalecer seu coração a mando do seu médico ou deixar a tristeza de lado pelo fim de um relaciona- mento amoroso – mas nunca é tarde para adotar uma rotina saudável de exercícios. Os benefícios para quem se exercita são muitos: viver mais e melhor, diminuir até 54% do risco de morte por problemas cardíacos, segundo o Ministério da Saúde.

E ainda emagrece, livra-se do stress e fica de bem com a vida. Praticar exercícios físicos induz a produção de endorfinas, que ajudam a combater a depressão e a espantar o baixo astral.

Avaliação geral
Entretanto, mesmo que seja para fazer uma simples caminhada diária, é fundamental passar por uma a avaliação médica indicada para a prática esportiva e descobrir se está tudo bem com sua condição física. Devem ser feitos exames cardiológicos específicos e simples como testes ergométricos e eletrocardiograma, além de exames no sangue para checar as taxas de colesterol e glicemia.

A avaliação física, feita na própria academia, também é uma excelente ferramenta para ajudar seu instrutor a fazer um programa de atividades personalizado.

Prevenir para não remediar
Para evitar lesões e problemas futuros o corpo deve estar preparado para o exercício. Nosso radiologista, Dr. Roberto Domingues, explica que, além da avaliação física clínica (obrigatória em qualquer prática esportiva), é indicado que as pessoas com menos de 35 anos façam um eletrocardiograma (ECG) se houver alguma queixa relacionada a dores ou outros problemas de saúde de que já se tenha conhecimento.

Quem está acima dos 35 anos deve adicionar um teste ergométrico a essa lista. “Caso seja evidenciada na consulta clínica a elevação da pressão arterial, sopros cardíacos, arritmia ou alguma queixa como cansaço, tonteira, desconforto no peito ou coração acelerado, devemos além do ECGC e da ergometria fazer também um ecocardiograma”, explica o médico.

Para atletas de alta performance ou amadores que desejam uma avaliação mais completa, o médico indica a avaliação corporal (bioimpedância), perfil metabólico (exame laboratorial), VO2 real (ergoespirometria) e avaliação ortopédica.

E não basta fazer os exames apenas quando se começa a prática esportiva, eles devem ser repetidos periodicamente e, de acordo com Dr. Domigues, “são fundamentais na reavaliação da performance e na identificação de problemas que podem advir da prática desportiva.”

Siga os passos

  • 1 – Saúde em dia

É importante ter uma avaliação física completa feita na própria academia. Dados como valores cardiovascular – medidas corporais e IMC – Índice de Massa Corporal, determinado pela divisão da massa do indivíduo pelo quadrado de sua altura – ajudam seu personal trainer a orientá-lo na escolha da atividade física, de acordo com suas necessidades e condicionamento físico.

  • 2 – Roupa perfeita

Use roupas leves e tênis confortáveis. Nunca faça exercícios em jejum. Prefira alimentos leves com baixo teor calórico, como frutas, cereais e sucos até 1h antes de iniciar os exercícios.

  • 3 – Corpo preparado

Inicie sempre com alongamentos para aquecer músculos e articulações. os exercícios principais por 30 minutos e finalize com os mesmos alongamentos iniciais, totalizando 45 minutos de treino.

  • 4 – Hidratação

Hidrate-se antes, durante e depois dos exercícios. Tome meio litro de água nos intervalos de descanso e até 1 litro nas próximas horas depois do treino.

  • 5 – Sem pressa

Vá com calma. As primeiras aulas, mesmo sem resultados aparentes, são importantíssimas para adaptação e fortalecimento dos músculos e articulações e, dessa maneira, evitar lesões.

  • 6 – Fuga da rotina

Para potencializar os resultados, varie o treinamento. Se iniciou o dia com uma aula de ginástica, alterne com sessões de Bike Indoor, depois vá para a musculação, por exemplo. Faça isso em todas as sessões.

  • 7 – Um passo por vez

Aumente a intensidade de seus exercícios gradual- mente. As pesquisas mostram que trabalhos de alta intensidade, porém de curta duração trazem mais resultados. Siga as orientações do seu professor.

Fogueira das gorduras
Veja quantas calorias são queimadas, em média, durante uma hora de atividade física:

  • Corrida – 900
  • Bicicleta – 840
  • Tênis – 800
  • Futebol – 780
  • Boxe – 660
  • Natação – 540

* Por Márcia Ramalho

(Texto publicado originalmente na Revista Delboni Auriemo. Você pode fazer o download para iPad neste link (http://bit.ly/XIXQER) ou retirar sua versão impressa em qualquer Unidade de Atendimento do Delboni (http://bit.ly/XIXNc2).)

Tags:, , , , ,