Movimento Segunda Sem Carne traz benefícios ao mundo todo

Deixar de comer carne apenas uma vez por semana melhora o corpo e o ambiente

delboni-segundasemcarne-corte

Abandonar a carne e virar vegetariano de um dia para o outro é algo difícil e nem todo mundo consegue. Mas que tal eliminar a carne pelo menos um único dia da semana? Esta é a ideia do Segunda Sem Carne (http://www.segundasemcarne.com.br/), movimento que mostra que é possível se esforçar só um pouquinho e já trazer um bom impacto para o planeta.

Tendo como porta-voz ninguém mais, ninguém menos, que o ex-Beatle Paul McCartney, a campanha afirma que apenas um dia sem carne na semana faz muita diferença – e não é só para a vida dos animais que sofrem nos abatedouros. Ao diminuir o consumo mundial de carne, ao mesmo tempo é diminuído o desperdício de água e de proteínas vegetais, o desmatamento, a desertificação, a extinção de espécies, a destruição de habitats e até de biomas inteiros – por mais assustador que pareça tudo está interligado.

Além disso, ajuda a diminuir a criação de rebanho bovino e sua emissão excessiva de metano – os animais liberam este gás, que é um dos agentes do efeito estufa. A indústria pecuária é responsável por aproximadamente 18% das emissões globais de metano.

Também é importante lembrar que a pessoa está fazendo um bem para o próprio organismo. Com menos carne na dieta, menor o risco de doenças cardiovasculares, de obesidade, de diabetes e de diversos tipos de câncer. Para ter uma ideia, um estudo realizado pela Universidade Oxford concluiu que restringir o consumo de carne para somente três vezes por semana pode prevenir, ao longo do ano, 31 mil mortes por doenças cardíacas e 9 mil mortes por câncer.

Mas por que segunda-feira? É simples: as pessoas tendem a exagerar na comida no fim de semana, abusam da quantidade e pecam na qualidade. Como segunda é o dia oficial da dieta (ou pelo menos de tentar entrar na linha novamente), é mais fácil ter o incentivo para nem querer colocar carne no prato.

Bons substitutos da carne são os grãos, como os feijões, incluindo grão-de-bico, ervilha e lentilha, mas o céu é o limite – a internet está cheia de receitas vegetarianas deliciosas.

Tags:, , , , ,