Não carregue o mundo nas costas

Estresse e sedentarismo são algumas das principais causas de dores na coluna

Corte07

Dores nas costas são uma queixa muito comum que pode ter origens que vão de noites mal dormidas e má postura a problemas mais graves como, por exemplo, doenças que atingem os rins e ovários. Em geral, dores deste tipo costumam ser passageiras. Caso persistam, consultar um especialista é fundamental.

Dentre as causas mais comuns de dores nas costas estão o estresse, o sedentarismo e a postura inadequada. O estresse causa tensão muscular que reduz a circulação sanguínea para os tecidos e acaba provocando dor, especialmente na região da lombar e do pescoço. Já a falta de exercícios físicos dificulta o fortalecimento muscular, prejudica a flexibilidade e acaba fazendo mal à coluna.

Existem muitos tipos de tratamentos voltados para dores nas costas, o que tem feito da automedicação um hábito cada vez mais comum. Antiinflamatórios, analgésicos e relaxantes musculares podem até diminuir a dor, entretanto, se não forem consumidos da maneira correta, podem mascarar a origem do problema e até agravá-lo com o passar do tempo, representando um grande risco para a saúde.

Confira algumas dicas para evitar dores nas costas:

1. Sente corretamente. O ideal é manter a coluna encostada na cadeira, os pés apoiados no chão e os joelhos acima do nível do quadril. Caso seja necessário, utilize um apoio para os pés.

2. Dobre os joelhos e fique de cócoras sempre que tiver que pegar algo no chão. Assim, o impacto na sua coluna será bem melhor.

3. Durma de lado – é a posição em que a coluna fica mais alinhada. E invista em um bom travesseiro que seja exatamente da altura do sem ombro, assim, não haverá nenhum desvio.

4. Divida bolsas e sacolas entre os dois lados do seu corpo. Assim, nenhum deles é sobrecarregado pelo peso.

5. Pratique exercícios físicos regularmente e procure dar preferência a atividades que fortaleçam a região abdominal. Pilates, Yoga e danças em geral são ótimos para isso! Para quem sofre com dores, o acompanhamento de um especialista é fundamental para evitar complicações.

6. Respire mais. Sempre que estiver estressado e notar que os músculos do seu pescoço estão mais contraídos, tente fechar os olhos e relaxar por alguns instantes. Pode parecer pouco, mas fará uma grande diferença no final do dia.

Tags:, , , , ,